Quinta-feira, 24 de Maio de 2007

Fases 3 E 4 da Elaboraçao de um Projecto de Animação

Para se ser bom animador, não é suficiente só se ter boas intenções. É necessário ter capacidades, conhecimentos, métodos, técnicas, procedimentos de acção, etc. para agir eficazmente numa acção social. Tudo em prol  da transferência de tecnologias sociais, que permitam atribuir capacidades para a animação.

Após o reconhecimento dos grupos envolvidos, será atribuída uma “abertura” a cursos, seminários, como base para a organização de actividades de animação, como também, programas de formação que irão ao encontro de um grupo restrito que esteja motivado e interessado nesse sentido.

A animação sociocultural pressupõe, essencialmente, a capacidade dos sujeitos envolvidos, logo, o conhecimento de técnicas instrumentais e a compreensão da realidade. Este domínio de técnicas instrumentais é fulcral para uma actividade sociocultural autónoma, de acordo com as necessidades vigentes. No seu conjunto são cerca de seis técnicas, são elas: técnicas de trabalho com grupos, de comunicação social, de comunicação oral, de estudo e conhecimento da realidade, de programas de actividades, de organização e administração. 

É de sublinhar que, apesar da importância das técnicas, para que um animador possa animar, é indispensável um conhecimento profundo das ciências humanas, do seio cultural e uma certa sensibilidade de captação à realidade envolvente

Em suma, um bom animador deve conhecer a sociedade e realidade em que vive, pois assim, saberá interpretar essa mesma sociedade para alcançar a sua liberdade. Portanto, quem não sabe é como quem não vê, ou seja, vive cego pela ignorância, face aos problemas existentes na comunidade.  

 

Antes de mais é necessário ter em conta que não é possível sensibilizar, motivar, consciencializar ou mobilizar, sem que primeiro se passe para a prática, para a acção. Todos os animadores socioculturais devem ter em atenção que são estes momento que devem conduzir a realização das actividades, e que um princípio básico da animação é que se “aprende fazendo”.

Assim, quando se leva a cabo a tarefa de promover, organizar e desenrolar actividades socioculturais, há que ter em atenção quatro aspectos básicos:

 

  • Deve-se partir de problemas e situações nas quais as pessoas se encontram, ou seja, é necessário ter um contacto directo com a realidade em que se trabalha.
  • É necessário articular estes programas de animação com organizações de base, com o objectivo de fazer com que as propostas que se fazem tenham em conta particularmente os interesses e o ponto de vista das mesmas.
  • Não se deve propor nunca programas já formulados, ou programas standard. As actividades de suporte a um programa são muito variadas. Para cada realidade, para cada circunstância e para cada grupo em concreto é necessário elaborar propostas específicas.
  • É necessário também ter em conta a multiplicidades de iniciativas e de instituições que promovem e realizam actividades nos âmbitos sociais, culturais e educativos.

Referências Bibliograficas:

Ander-Egg, (2000). Tareas iniciales para llevar a cabo un programa, proyecto o actividades de animación. In  Ander-Egg. Metodologia y Práctica de la Animación Sociocultural. Madrid: Editorial CCS. 296-308

 

 

publicado por despertardamente às 11:07
link do post | Desperta-nos | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Maio de 2007

Estudo sobre a utiliz...

Quando navegavamos por este mundo cibernético, à procura de um auxílio para a formulação do nosso projecto de animação, ...

Ler artigo
publicado por despertardamente às 11:02
link do post | Desperta-nos | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Maio de 2007

Fases 1 e 2 para...

A primeira fase com que nos deparamos quando iniciamos um projecto de animação, é a sensibilização / Motivação, que tem ...

Ler artigo
publicado por despertardamente às 10:51
link do post | Desperta-nos | favorito
|
Terça-feira, 22 de Maio de 2007

CARACTERIZAÇÃO DA POP...

Este projecto irá abranger cerca de dezanove idosos do Centro de Dia, é de referir que apesar de ao todo a instituição p...

Ler artigo
publicado por despertardamente às 22:23
link do post | Desperta-nos | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Maio de 2007

Actividades do Projec...

Vivemos numa era "digital" da informação e da comunicação, sendo necessário...

Ler artigo
publicado por despertardamente às 10:59
link do post | Desperta-nos | Palavras que despertam (1) | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Maio de 2007

Inclusão digital: uma...

"Inclusão digital" é a democratização do acesso ás novas tecnoçogias de informação, com vista a inserir tod...

Ler artigo
publicado por despertardamente às 10:57
link do post | Desperta-nos | Palavras que despertam (1) | favorito
|
Quinta-feira, 26 de Abril de 2007

Projecto de Animação ...

O tema do nosso projecto, de Animação Sócio-cultural, intitula-se "Inclusão digital na terceira idade", na Fun...

Ler artigo
publicado por despertardamente às 10:32
link do post | Desperta-nos | Palavras que despertam (10) | favorito
|

.Amélies Poulains

.Despertares recentes

. Fases 3 E 4 da Elaboraçao...

. Estudo sobre a utilização...

. Fases 1 e 2 para a E...

. CARACTERIZAÇÃO DA POPULAÇ...

. Actividades do Projecto

. Inclusão digital: uma nov...

. Projecto de Animação Sóci...

. Alguns links...

. A ASC

. Animador Sóciocultural

.Ainda vais a tempo de despertar

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

.Eles despertaram

blogs SAPO

.subscrever feeds